O que achei do Globo de Ouro 2011…

Chamar Ricky Gervais para comandar uma cerimônia que prestigia grandes estrelas de Hollywood e é organizada pela imprensa americana soa como ver um vocalista de Death Metal sendo chamado para cantar num CD gospel. No último domingo, todos ficaram escandalizados pela máquina de acidez que Gervais foi no palco da cerimônia do Globo de Ouro 2011, não perdoando ninguém, nem mesmo os organizadores do evento.

Com essas e outras surpresas na noite, a cerimônia teve seus ótimos momentos. Mas o melhor mesmo foram os vencedores, que pela primeira vez em muitos anos, me agradaram na sua grande maioria. Quem se consagrou, é claro, foi David Fincher com seu perfeito A Rede Social. Confira abaixo mais comentários sobre os vencedores e a cerimônia.

Até semana que vem pretendo conferir as principais apostas para o Oscar, o que inclui os indicados ao prêmio que comento agora, mas duvido muito que algum deles me faça mudar de opinião em relação a vitória de A Rede Social em Melhor Filme, Diretor, Roteiro e Trilha Sonora.

Já fazem alguns anos que as principais premiações do cinema tem me desapontado com seus resultados (em 2008 torcia pra Sangue Negro, quem levou foi Onde os Fracos Não Tem Vez, em 2009 queria ver Cavaleiro das Trevas entre os indicados, mas, sem ele, torcia pra Benjamin Button e Quem Quer Ser um Milionário venceu e no ano passado Tarantino podia ter dominado tudo com Bastardos Inglórios mas Guerra ao Terror no Oscar e Avatar no Globo de Ouro impediram isso). Por isso, fiquei muito satisfeito com praticamente todos os resultados da premiação desse ano.

Se nos resultados da TV temos decisões duvidosas, em cinema a imprensa americana nem sempre é tão incoerente (apesar de ter me desapontado, não tem como negar que os filmes que ganharam nos últimos anos são ótimos). Minha única surpresa na noite foi em Melhor Ator – Drama, em que a interpretação hipnótica de Jesse Eisenberg em A Rede Social foi desbancada por Colin Firth e seu trabalho em O Discurso do Rei. Me deixou muito curioso, porque pra mim Eisenberg estava com o prêmio garantido.

De resto, sem muitas surpresas. Em Melhor Animação, o Globo de Ouro, Oscar e todo e qualquer outro prêmio de Cinema com essa categoria já estava dado a Toy Story 3 desde que o filme estreou. Os prêmios de O Vencedor, Melhor Ator e Atriz Coadjuvante para Christian Bale e Melissa Leo já estavam sendo antecipados e em Melhor Filme – Comédia/Musical quem levou foi Minhas Mães e Meu Pai, que também ainda não pude conferir, mas era o grande favorito na categoria. Annette Bening, protagonista do filme, venceu em Melhor Atriz.

Mas mais brilhantes que os vencedores, só mesmo quem apresentou a cerimônia. Ricky Gervais,que ficou um pouco reservado apresentando em 2010 - para o normal dele, claro – foi simplesmente implacável esse ano, uma verdadeira máquina de piadas ácidas, cheias de humor negro e sem perdoar ninguém.

Entre umas piadinhas mais pesadas, como “Hoje é uma noite de festa e muita bebida… ou como Charlie Sheen chama: café-da-manhã” e “Muitos de vocês o conhecem [Robert Downey Jr.] de instituições como a Betty Ford Clinic ou a Penitenciária de Los Angeles”, teve zoadas com filmes e atores indicados e até com a própria Hollywood Foreign Press Association, que organiza o evento – “Acho ridículo esse rumor de que a única razão pela qual “O Turista” foi indicado foi para que a imprensa pudesse sair com Johnny Depp e Angelina Jolie. Isso é besteira, essa não é a única razão. Eles também aceitam suborno.”

Hollywood se dividiu quanto a (genial) performance do inglês como apresentador. Teve quem riu e conseguiu levar na boa, por mais desconfortável que certos comentários tenham sido para alguns dos presentes. Outros ficaram ofendidos o bastante para torcer que Gervais nunca mais consiga fazer outro trabalho. Bem, sendo criador do The Office original e de Extras, acho que ele não precisa muito de Hollywood né? Nada como um humorista inglês para horrorizar os conservadores americanos com o politicamente incorreto, humor que faz tanta falta hoje em dia…

Álias, momentos constrangedores para a plateia não foram só cortesia do apresentador. O primeiro vencedor da noite, Christian Bale, fez um discurso apaixonado e animadíssimo. Estava bem claro que ele já tinha aproveitado a parte da “muita bebida” da festa que Gervais se referiu. Quando a música subiu, ele só começou a falar mais alto, até o ponto que seu microfone foi cortado… e ele ainda continuou falando por uns minutos. E teve Andrew  Garfeld surpreendentemente nervoso ao anunciar o vídeo de A Rede Social, rendendo um momento um tanto engraçado, principalmente porque ele conseguiu escapar da péssima situação com dignidade.

Muita gente já deixou de ver o Globo de Ouro com a seriedade de outros tempos, da época em que ele ficou conhecido como a “prévia do Oscar”. Hoje em dia, é uma premiação que pouca gente leva muito a sério e soa mais como uma festa luxuosa para as grandes estrelas de Hollywood… Bem, isso quando Ricky Gervais não está lá para tirar toda a formalidade da cerimônia. Dado o que ele fez esse ano, é impossível de acontecer, mas torço para que ele volte a apresentar ano que vem. As premiações se tornam bem menos cansativas.

____________________________________

Os vencedores:

Melhor Filme – Drama: A Rede Social
Melhor Filme – Comédia/Musical: Minhas Mães e Meu Pai
Melhor Animação: Toy Story 3
Melhor Diretor: David Fincher – A Rede Social
Melhor Ator – Drama: Colin Firth – O Discurso do Rei
Melhor Atriz – Drama: Natalie Portman – Cisne Negro
Melhor Ator – Comédia/Musical: Paul Giamatti – Barney’s Version*
Melhor Atriz – Comédia/Musical: Annette Bening – Minhas Mães e Meu Pai
Melhor Ator Coadjuvante: Christian Bale – O Vencedor
Melhor Atriz Coadjuvante: Melissa Leo – O Vencedor
Melhor Roteiro: A Rede Social (Aaron Sorkin)
Melhor Trilha Sonora: A Rede Social (Trent Reznor e Atticus Ross)
Melhor Canção Original: “You Haven’t Seen the Last of Me” – Burlesque
Melhor Filme Estrangeiro: Em Um Mundo Melhor

*ainda sem nome no Brasil

____________________________________________

Diga nos comentários o que achou da premiação e dos vencedores desse ano! E agora, road to the Oscars!

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s